(41) 3030-9090   (41) 3525-2355 (41) 3071-3535 (41) 3888-6777 atendimento@jbaimoveis.com.br

quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

Impressão 3D x Mercado imobiliário

Você já parou para se perguntar quais serão os impactos da impressão 3D no mercado imobiliário? Essa tecnologia sem dúvidas virá para revolucionar o setor.
A impressão 3D refere-se à tecnologia que imprime os desenhos de maquetes e protótipos em cartuchos de gesso ou plástico. O que será impresso deverá ser produzido pelos programas de design assistido (CAD). O legal é que essa impressão abrange os dois extremos: desde impressões mais simples às complexas e trabalhosas.
É essa segunda que faz os olhos de quem trabalha com mercado imobiliário brilhar. Essa impressora permite realizar protótipos ou maquetes exatamente iguais ao desenho inicial. Analisemos as vantagens, o corretor poderá mostrar ao cliente a maquete e através dela o cliente poderá sentir e idealizar seu futuro imóvel. Já no caso da utilização do produto final para a construção de imóveis, a vantagem se dá no tempo que é bem mais curto quando comparado ao de uma construção normal.
Para se ter ideia da agilidade do processo, uma empresa chinesa construiu 10 casas de 200 metros quadrados em menos de 24 horas utilizando apenas quatro impressoras 3D. Além disso, o custo é muito menor. Atualmente existem estudos para projetos que visam auxiliar a construção de casas para pessoas carentes que não tem acesso à moradia adequada.
Esse tipo de construção deixará muitos sem empregos, porém, em contrapartida, dará oportunidade de emprego para mulheres e idosos que quase não fazem parte desse trabalho no cenário atual.
Os impactos que causará no setor imobiliário certamente serão muitos, porém, ainda é cedo para mensurar. Quem sabe daqui uns anos essa tecnologia não se torne comum no nosso dia-a-dia?!

Vídeo relacionado: Impressora 3D produz 10 casas em 24 horas
Artigo enviado por: Real Consultoria Imobiliária.
Comentar

quarta-feira, 20 de janeiro de 2016

Residencial para estudantes


Buscando alcançar o público universitário com praticidade e qualidade, o Studio Rebouças está localizado no perímetro central da capital e, como principais pontos, a Pontifícia Universidade Católica do Paraná e a Unicuritiba. Devido a uma escassez de terrenos para construção, este tipo de empreendimento tem sido tendência nos últimos anos.

Com previsão para conclusão da obra em julho de 2017, o residencial disponibiliza 96 unidades para venda, sendo 16 por andar, com metragens de 28 a 67 m² de área total. A planta do condomínio prevê lavanderias, bicicletário, portaria, espaço fitness, sala de estudos, espaço gourmet, infraestrutura para ar-condicionado, medidores individuais de água e luz, 15 vagas para motocicletas e projeto de instalação de internet com pontos na sala de estudos.

Além de estar localizado em uma região de rica infraestrutura no Prado Velho, como o acesso facilitado às linhas de ônibus e o menor tempo ao centro de Curitiba, o futuro morador pode optar pelas quitinetes diferenciadas que proporcionam vaga de garagem coberta e sacada.









Perfil

Saiba mais sobre o empreendimento Studio Rebouças:
Endereço: Rua Doutor Reynaldo Machado, 1340 – Prado Velho - Curitiba.
Vendas: JBA Imóveis.
Preços: a partir de R$ 114.017,36.
Contato: 41 3525-2355 ou acesse www.jbaimoveis.com.br
Previsão de entrega: julho de 2017.
Construtora: Sulamericana Engenharia Ltda.
Registro da incorporação: matrícula: 20.123. Zona: 7ª Circunscrição de Curitiba.








Texto por Robson Leandro
Comentar

segunda-feira, 18 de janeiro de 2016

Apartamentos de qualidade no Guaíra



Construído em um condomínio de 15 apartamentos, o Edifício Mariás tem na sua localização a proximidade com o Shopping Palladium, faculdade Facear, banco HSBC e está a uma quadra da Avenida Presidente Kennedy.

As unidades que partem de 95 a 174 m² de área total apresentam três quartos, sendo uma suíte, sala de estar, cozinha em estilo americano, banheiro social, área de serviço, sacada com churrasqueira, sacada técnica (nos fundos) e o futuro morador pode optar por uma ou duas vagas de garagem e garden.

Dos 15 apartamentos, três são coberturas duplex que propiciam amplo terraço de 47 m² com churrasqueira e sala de estar com banheiro. Para a melhor mobilidade e lazer, o prédio oferece elevador e salão de festas mobiliado.






Perfil

Saiba mais sobre o empreendimento Edifício Mariás:
Endereço: Rua Goiás, 1207 – Guaíra - Curitiba.
Vendas: JBA Imóveis.
Preços: a partir de R$ 393.623,38.
Contato: 41 3888-6777 ou acesse www.jbaimoveis.com.br
Previsão de entrega: março de 2016.
Construtora: Marthecon Construção Civil Ltda.
Registro da incorporação: matrícula: 68.812. Zona: 5ª Circunscrição de Curitiba.








Texto por Robson Leandro
Comentar

Três opções com piscina

Mesmo com o verão quase chegando ao fim, ter uma piscina em casa é sempre um bom investimento. Ela pode valorizar e muito o imóvel. Confira três opções de imóveis que têm piscina que a JBA recomenda a você:

1 - Ideale Residencial



Apartamento com três quartos, sendo uma suíte, sala para dois ambientes e uma vaga de garagem. Condomínio com piscina, quadra poliesportiva, churrasqueira, espaço fitness, salão de festas, lavanderia e salão de jogos. 105 m².

Confira este imóvel clicando aqui: http://jba.im/idealeresidencial


2 – Residencial Angra 8


Sobrado com piscina com iluminação e deck de madeira, três quartos, sendo uma suíte, cozinha com armários planejados e com decoração diferenciada, ático para três ambientes, edícula, subsolo com escritório e três vagas de garagem. 260 m².

Confira este imóvel clicando aqui: http://jba.im/residencialangra8


3  – Residencial C. M. Nichele


Sobrado com três quartos, sendo uma suíte com sacada, salas de jantar e estar separadas, piscina, cozinha com armários planejados e quatro vagas de garagem. 190 m².

Confira este imóvel clicando aqui: http://jba.im/residencialcmnichele






                         Veja muitas outras opções com piscina no nosso site: www.jbaimoveis.com.br
Comentar

terça-feira, 5 de janeiro de 2016

Organize tudo em 2016



1. Comece pelos quatro passos da arrumação

Descarte é a palavra-chave. Isso não significa jogar tudo fora. Ao virar o ano, avalie o que você não usou nos últimos doze meses, analise a rotina dos próximos dois semestres e tudo o que a casa precisa ter para você encará-los da melhor maneira. Pegue quatro caixas e comece a separar o que será realmente descartado, o que é doação, o que irá para o conserto e o que deve voltar para o armário de imediato. Para conseguir melhores resultados, não faça isso na casa toda de uma só vez, vá aos poucos!

2. Limpar é indispensável

O momento de tirar tudo para fora e dar um fim definitivo a cada objeto é também o de faxinar todos os móveis vazios. Você só precisa de um aspirador de pó, assim como de um pano úmido e sabão neutro. Feito isso, basta retornar o que não será descartado para o seu devido lugar e de maneira categorizada. Tudo precisa ficar à vista e ser identificado de imediato.



3. Qual a vida “inútil” de uma peça?

Um ano sem uso é o suficiente para definir que um item deve sair de circulação definitivamente. Depois desse período, todas as estações do ano já passaram, e deu tempo suficiente para que o objeto se prove importante ou dispensável.

4. Mude os móveis de posição

Movimente armários, sofás, cama e o que mais for possível para assim estimular também a troca de energia. Faça todo esse trabalho mentalizando e sentindo o momento e as mudanças que estão por vir.



5. Recorra a alguns aliados

Cabides padronizados e caixas são objetos indispensáveis para esse momento de transformação. Flores e velas também são recursos certeiros para deixar o ambiente de cara nova no ato e sem gastar muito.



6. A caixa curinga

Não pense que o descarte só pode acontecer apenas uma vez ao ano. É possível fazê-lo todos os dias de uma maneira bem simples. Estrategicamente, coloque uma caixa vazia dentro de algum dos armários e toda vez que algo já não fizer mais sentido ou deixar de ser usado deve ser colocado lá dentro. Esse exercício diário é facilitador e promove uma movimentação muito benéfica - armários sempre limpos, peças em constante uso, nada de acúmulo e doações frequentes.



7. A ordem de arrumação é super importante

Comece sempre pelo que tem menor valor sentimental e de raridade. A melhor sequência é: roupas, livros, papelaria, itens variados e, por fim, objetos de apego emocional, incluindo presentes e lembranças. Para fazer o trabalho com mais eficiência, divida a primeira categoria em subcategorias: blusas, partes de baixo, roupas de pendurar, meias, lingeries, bolsas, acessórios, roupas para ocasiões específicas (biquínis, uniformes, etc) e sapatos.



8. Você não precisa guardar tudo o que ganha

E isso não deve pesar a consciência. O objetivo de um presente se cumpre na hora em que o recebemos. Por isso não tenha medo de se desfazer de lembranças que recebeu e nunca usou.

9. Separe por categoria, não por localização

Assim você evita que gavetas de cômodos diferentes tenham as mesmas coisas. A raiz do problema reside no fato de as pessoas guardarem os mesmos itens em mais de um lugar.

10. Qual foi a última vez que você abriu um manual de instruções?

Desfaça-se deles, pois não servem para nada. A mesma regra vale para tudo o que você pode buscar pela internet, como comprovantes de pagamento e documentos que podem ser digitalizados.



11. Prefira dobrar a pendurar roupas

Ainda que isso dependa da espessura, é possível guardar de 20 a 40 peças no mesmo espaço em que se penduram 10 cabides.

12. “Livros que você pretender ler um dia”...

...Equivale a “livros que você nunca vai ler”. Leia-os agora ou livre-se deles.




Fonte: Marie Claire
Comentar