(41) 3525-2355 atendimento@jbaimoveis.com.br

segunda-feira, 13 de janeiro de 2020

6 dicas para alugar um imóvel em Curitiba

10:00

Compartilhe!

Antes de escolher qual imóvel alugar em Curitiba, é importante considerar alguns pontos que fazem toda a diferença. Por isso, confira algumas dicas a seguir:

Escolha a região

Na hora de escolher um imóvel para alugar em Curitiba, considere a rotina, o estilo de vida e os meios de transporte que você e sua família costumam usar no dia a dia. Pesquisar comentários na internet e conversar com moradores sobre a rotina e a segurança do bairro são ações válidas que te ajudam a conhecer melhor a região do futuro imóvel. Se o local fizer sentido para você, considere os outros fatores a seguir. 

Faça as contas

Faça um planejamento financeiro para que todos os gastos previstos caibam no seu orçamento. Em um caderno ou planilha de Excel, coloque todos os gastos que você terá mensalmente: aluguel, taxa de condomínio, contas de água, luz, internet, IPTU, entre outras. Importante: é necessário que as despesas com moradia não ultrapassem 30% da renda familiar!

Feita a organização da planilha, evite gastar mais do que ganha, mantendo as contas em dia para que as despesas não virem uma “bola de neve”. 

Outro ponto importante é quitar dívidas pendentes. Dica: utilize o crédito pessoal para cobrir o valor do cheque especial e do cartão de crédito, evitando despesas novas. 

Direitos e deveres

A Lei 8.245 do ano de 1991, mais conhecida como Lei do Inquilinato, fala sobre os direitos e deveres que os inquilinos têm. Dê uma lida no documento e fique por dentro das principais informações.

Entre os principais deveres do inquilino está manter o imóvel em ordem como se fosse sua propriedade, além de devolvê-lo nas mesmas condições que o recebeu. Além disso, caso o inquilino desista de morar no imóvel antes do prazo estipulado em contrato, a lei permite que o mesmo pague o valor da multa. Dependendo do acordo realizado, porém, pode ser que essa multa seja dispensada pelo dono do imóvel.

Garantias locatícias

Existem algumas garantias locatícias que as imobiliárias costumam oferecer aos inquilinos para que o aluguel seja, de fato, consumado. Uma delas é a famosa figura do fiador, um terceiro que pode ser cobrado perante a inadimplência do contrato. 

Outra forma de garantia que está em alta é o seguro fiança. Aqui, o locador é representado por uma seguradora. Há um valor pago mensalmente pelo inquilino. Em caso de inadimplência, o dono do imóvel recebe os pagamentos através da seguradora, garantindo, assim, os valores da locação. Existem outras formas de garantia locatícia. Na dúvida, entre em contato com a sua imobiliária de confiança e saiba como funciona.

Visite e exija vistoria documentada

Antes de assinar o contrato de aluguel, visite o imóvel em diferentes horários do dia para perceber a iluminação dos cômodos durante o dia. Além disso, ao optar por um imóvel específico, exija uma vistoria documentada com todos os detalhes do local antes de se mudar. 
Uma boa vistoria deve verificar, inclusive, a existência ou não de problemas estruturais no local.

Fale com uma imobiliária de confiança

Antes de escolher o imóvel, saiba tudo sobre a imobiliária responsável. Acesse o site da empresa, conheça as formas de garantia locatícia e faça uma visita para conversar pessoalmente. 

Se você deseja alugar seu imóvel em Curitiba e região, converse com a JBA Imóveis. Somos especialistas em imóveis da região e queremos que mude para melhor com a gente. Em caso de dúvidas, entre em contato pelo formulário de contato ou pelo WhatsApp.

0 comentários:

Postar um comentário